Desvende-me

Minha foto
Feira de Santana, Bahia, Brazil
Mestrando em Modelagem Computacional pela Faculdade SENAI CIMATEC, Especialista em Matemática Financeira e Estatística pela Universidade Cândido Mendes UCAM, PósGraduado em MBA em Gestão de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas FGV, formado em Matemática pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci UNIASSELVI e Técnico em Segurança do Trabalho pela Organização Tecnológica de Ensino OTE, professor dos cursos de Engenharia de Produção, Administração e Contabilidade da UNIRB.

Lattes - Currículo Profissional

Cadastre AQUI seu e-mail.

Total de visualizações de página.

Você está aqui . . .

O mundo nos visita.Tem acesso até no Japão! Veja aí:

free counters

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Matemática - "Ler Matemática" pode ser a solução para tirar da disciplina o rótulo de "difícil"

O educador matemático cubano, Juan Nápoles Valdez, radicado na Argentina, acredita que os futuros professores de matemática não devem dominar apenas a linguagem dessa disciplina. O que ele propõe é que seja trabalhada uma matemática aliada à literatura, por exemplo.

Isto seria uma forma de aproximar a matemática de um conhecimento que não é questionado. Afinal, diz ele, "pode até haver pessoas que odeiam ler, mas dificilmente essas pessoas entrariam numa jornada contra a leitura e a literatura". Para ele, esse tipo de ''campanha contrária'' acontece com a matemática – matéria estigmatizada como ''difícil'' e ''para poucos''. 

Para o educador, esta rotulação é uma questão sociocultural, que reflete "a banalização dos valores e a cultura do menor esforço" que contagiaram os estudantes de tal maneira que a pergunta que eles fazem para decidir se ingressam ou não num curso superior é: "Tem matemática?"

Fique Ligado nas novas propostas e alternativas para o ensino de matemática!

Acesse e confira a reportagem e a entrevista com Juan Nápoles Valdez na íntegra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário